Terça, 23 de Setembro de 2014
            
     E-Mail:
     Password:
         
  Registe-se e conheça as vantagens
  Subscreva as nossas newsletters
D
INÍCIOLegislaçãoLegislação Nacional - Economia digitalResolução do Conselho de Ministros nº 65/2002 (2ª série) de 19 de Agosto de 2002 Pesquisar Legislação
Resolução do Conselho de Ministros nº nº 65/2002 (2ª série) de 19 de Agosto de 2002

DR 190 - II Série
Emitido Por Presidência do Conselho de Ministros - Conselho de Ministros
imprimir
Nomeia um novo gestor da Intervenção Operacional da Ciência, Tecnologia, Inovação e exonera, a seu pedido, o gestor actual.

O Decreto-Lei n.º 54-A/2000, de 7 de Abril, determina que a gestão técnica, administrativa e financeira das intervenções operacionais incluídas no Quadro Comunitário de Apoio (QCA III) seja assegurada por um gestor, apoiado por uma unidade de gestão.

O gestor tem o estatuto de encarregado de missão, aplicando-se-lhe o regime previsto no artigo 37.º da Lei n.º 49/99, de 22 de Junho.

O actual gestor da Intervenção Operacional da Ciência, Tecnologia, Inovação (IOCTI) pediu a sua exoneração, pelo que importa proceder à designação do seu substituto.

Assim: Nos termos da alínea d) do artigo 199.º da Constituição, e ao abrigo do artigo 37.º da Lei n.º 49/99, de 22 de Junho, conjugado com o n.º 1 do artigo 33.º do Decreto-Lei n.º 54-A/2000, de 7 de Abril, o Conselho de Ministros resolve:

1 - Exonerar, a seu pedido, o Prof. Doutor Luís Pereira de Quintanilha e Mendonça Dias Torres Magalhães do cargo de gestor da Intervenção Operacional da Ciência, Tecnologia, Inovação (IOCTI).

2 - Nomear, por urgente conveniência de serviço, sob proposta do Ministro da Ciência e do Ensino Superior, o Prof. Doutor Fernando Manuel Ramôa Ribeiro, presidente da Fundação para a Ciência e a Tecnologia, para o cargo de gestor da IOCTI, em regime de acumulação, a título gratuito e junto daquele membro do Governo.

3 - Fazer corresponder o prazo para a execução da missão do gestor agora nomeado ao da vigência da respectiva intervenção operacional, incluindo o período necessário à apresentação do relatório final.

4 - Considerar alterado o n.º 2 do n.º 3.º do anexo I da Resolução do Conselho de Ministros n.º 27/2000, de 16 de Maio, em consonância com o disposto na presente resolução.

5 - Determinar a produção de efeitos do presente diploma a partir de 18 de Julho de 2002. 18 de Julho de 2002. -

O Primeiro-Ministro, José Manuel Durão Barroso.


Curriculum vitae
Nome - Fernando Manuel Ramôa Ribeiro.
Data de nascimento - 4 de Outubro de 1945.
Naturalidade - Funchal.
Endereço oficial - Reitoria da Universidade Técnica de Lisboa,
Alameda de Santo António dos Capuchos, 1,
1169-047 Lisboa
(telefone: 351218811952; fax: 351218811994; e-mail: ramoagreitoria.utl.pt).
Graus e títulos académicos:
Engenheiro Químico-Industrial pela Faculdade de Engenharia da UP, 1968;
Docteur d'Etat (Catálise Heterogénea) pela Universidade de Poitiers, França, 1980;
Equiparado ao grau de doutor em Engenharia Química pela Universidade Técnica de Lisboa, 1980;
Agregado em Engenharia Química pela Universidade Técnica de Lisboa, 1988.
Carreira académica:
Assistente da Faculdade de Ciências da Universidade de Coimbra de 1968 a 1970;
Assistente do IST de 1973 a 1980;
Bolseiro da Fundação Calouste Gulbenkian, Instituto Francês do Petróleo de 1977 a 1980;
Professor auxiliar do IST de 1980 a 1985;
Professor associado do IST de 1985 a 1988;
Professor catedrático do IST desde 1988.
Áreas científicas de investigação:
Engenharia das Reacções Químicas;
Catálise por zeólitos (cracking de alcanos, hidroisomerização de alcanos, isomerização de aromáticos, adaptação da porosidade de zeólitos para reacções selectivas de interesse industrial).
Conselho editorial de revistas internacionais: Reaction Kinetics and Catalysis Letters;
Journal of Molecular Catalysis (até 1998).
Prémios:
Prémio João Carlos - melhor aluno (desde o 1.º ao 7.º ano) do Liceu Nacional de Aveiro, 1962;
Prémio TAP - melhor aluno do 7.º ano do Liceu Nacional de Aveiro, 1962;
Prémio CUF - melhor aluno finalista de Engenharia Química da FEUP, 1968.
Ordens honoríficas:
Officier des Palmes Académiques, 1993; Chevalier de l'Ordre Nationale du Mérite, 1993;
Officier de l'Ordre Nationale du Mérite, 1998.
Principais cargos no âmbito da UTL:
É vice-reitor da Universidade Técnica de Lisboa;
É membro por inerência do senado da UTL; É membro da assembleia da UTL;
É director do Grupo de Processos Químicos e Catalíticos do Centro de Engenharia Biológica e Química do IST;
Foi vice-presidente do conselho directivo do IST de 1984 a 1988;
Foi coordenador do mestrado em Química dos Processos Catalíticos do IST de 1983 a 1988.
Principais actividades no âmbito de outras instituições:
É vice-presidente da EFCATS (European Federation of Catalysis Societies); É membro da comissão executiva da European Federation of Chemical Engineers;
É membro do conselho do Congresso Internacional de Catálise;
É presidente do Colégio de Engenharia Química da Ordem dos Engenheiros;
É vice-presidente da Academia de Engenharia; É presidente da Divisão de Catálise da Sociedade Portuguesa de Química;
É membro do conselho de administração da Taguspark;
É membro da comissão instaladora da OPET (Observatório de Prospectiva da Engenharia e Tecnologia);
É presidente da APDF (Associação Portuguesa de Doutorados em França);
É vice-presidente da CAE para a área de Engenharia Química e Engenharia Biotecnológica;
Foi presidente e vice-presidente da Junta Nacional de Investigação Científica e Tecnológica de 1989 a 1997;
Foi membro da comissão científica da OTAN de 1988 a 1997;
Foi membro do conselho de administração dos Centros Comuns de Investigação da União Europeia de 1988 a 1996;
Foi presidente da INVOTAN de 1989 a 1997;
Foi delegado nacional ao Programa BRITE (CEE) de 1986 a 1989;
Foi membro da comissão executiva da European Science Foundation de 1992 a 1995 referenciado em Who's Who in the World, ed. Marquis, USA, 15.ª ed., 1996;
Foi coordenador do Sector Indústria Química, no âmbito do Projecto ET 2000.
Publicações:
Artigos publicados em revistas internacionais com revisão - 170;
Comunicações publicadas em actas de congressos internacionais - 50;
Patentes - 1 (europeia);
Livros - 8.
Livros:
Zeolites: Science ahd Technology, F. Ramôa Ribeiro, A. Rodrigues, D. Rollmann, C. Naccache, Martinus Nijhoff Publishers, The Hague, 1984;
Catalise Heterogénea, J. L. Figueiredo, F. Ramôa Ribeiro, Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa, 1989;
Zeolite Microporous Solids: Synthesis, Structure and Reactivity, E. Derouane, F. Lemos, C. Naccache, F. Ramôa Ribeiro, Kluwer Academic Publishers, 1992;
Catalytic Activation ahd Functionalisation of Light Alkanes. Advances and Challenges, E. Derouane, J. Haber, F. Lemos, F. Ramôa Ribeiro, M. Guisnet, Kluwer Academic Publishers, 1998;
Combinatorial Catalysis and High Throughput Catalyst Design and Testing, E. Derouane, F. Lemos, A. Corma, F. Ramôa Ribeiro, Kluwer Academic Publishers, 2000;
As Indústrias Químicas em Portugal: Perspectivas para o Século XXI, F. Ramôa Ribeiro, Clemente Pedro Nunes, Escolar Editora, 2001;
Reactores Químicos, F. Lemos, J. M. Lopes, F. Ramôa Ribeiro, IST Press, 2001;
Principles and Methods for Accelerated Catalyst Design, Preparation, Testing and Development, E. Derouane, V. Parmon, F. Lemos, F. Ramôa Ribeiro, Kluwer Academic Publishers, 2001, em impressão.

 Legislação Nacional
 Legislação Comunitária
Tipo de diploma:
Número:
De:  /   /  até  /   / 
Texto:


Página InicialSobre o I A P M E I

Contacte-nosOnde EstamosFicha TécnicaAjuda

Termos e Condições  •  Política de Privacidade  •  Site Acessível

Actualizado em: 22.09.2014

Copyright IAPMEI © 2001-2004, Todos os direitos reservados