Este sítio utiliza cookies de terceiros para melhorar a experiência do utilizador e os serviços que prestamos.
Ao continuar a navegar, consideramos que aceita a sua utilização.

Saber Mais Compreendi
Critérios PME Excelência 2017

As PME Excelência são selecionadas pelo IAPMEI e pelo Turismo de Portugal com base no universo das PME Líder à data de 17 de outubro de 2017.

Para todos os setores de atividade - com exceção do Turismo - as empresas deverão cumprir cumulativamente os seguintes critérios:
 
  • Autonomia Financeira em 2016 >= 37,5% (Capitais Próprios/Ativo);
  • Rendibilidade Líquida do Capital Próprio >= 12,5% (Res.Líquido/CapPróprio);
  • Dívida Financeira Líquida/EBITDA <= 2,5 (Net Debt/EBITDA);
  • EBITDA/Ativo >= 10%;
  • EBITDA/Volume de Negócios >= 7,5%;
  • Crescimento do Volume de Negócios >= 0%;
  • Nível de rating, atribuído pelas Sociedades de Garantia Mútua, não superior a 5, na escala de rating do Sistema de Garantia Mútua.
 

Para as empresas do setor do Turismo deverão ser cumpridos cumulativamente os seguintes critérios:
 
  • Autonomia Financeira em 2016 >= 37,5% (Capitais Próprios/Ativo);
  • Rendibilidade Líquida do Capital Próprio >= 8%, para empresas das divisões 55, 90, 91, 93 e 96 da CAE e >=12,5% para as restantes CAE Turismo (Res.Líquido/CapPróprio);
  • Dívida Financeira Líquida/EBITDA <= 3,5% - para empresas das divisões 55, 90, 91, 93 e 96 da CAE e, <= 2,5% para as restantes CAE Turismo (Net Debt/EBITDA);
  • EBITDA/Ativo >= 10%;
  • EBITDA/Volume de Negócios >= 7,5%;
  • Crescimento do Volume de Negócios >= 0%;
  • Nível de rating, atribuído pelas Sociedades de Garantia Mútua, não superior a 5, na escala de rating do Sistema de Garantia Mútua.


Para aceder às fórmulas de cálculo destes indicadores, consulte o ponto 5 do Regulamento dos Estatutos PME Líder e PME Excelência 2017.