Horizonte 2020
O que é?

O Horizonte 2020 – Programa-Quadro Comunitário de Investigação & Inovação, com um orçamento global superior a 77 mil milhões de euros para o período 2014-2020, é o maior instrumento da Comunidade Europeia especificamente orientado para o apoio à investigação e inovação, sobretudo através do co-financiamento de projetos de investigação, desenvolvimento tecnológico, demonstração e inovação. O apoio financeiro é concedido através de concursos em competição e mediante um processo independente de avaliação das propostas apresentadas.

Estrutura 

O Horizonte 2020 está estruturado de acordo com três pilares de ação prioritários.

Pilar 1 - Excelência Científica (cerca de 32% do orçamento total)

Integra atividades que visam reforçar e alargar a excelência da base científica da UE e tornar o sistema de investigação e inovação Europeu mais competitivo à escala global, em torno dos seguintes temas:
       
Pilar 2 - Liderança Industrial (cerca de 22% do orçamento)

Tem como objectivo acelerar o desenvolvimento das tecnologias e inovações que estarão subjacentes às empresas no futuro e ajudar as PME europeias inovadoras a crescerem e transformarem-se em empresas líderes mundiais.

Objetivos específicos:

1. Liderança nas Tecnologias Facilitadoras e Industriais ("Leadership in enabling and industrial technologies") – apoio à investigação, desenvolvimento e demonstração e, quando apropriado, à normalização e certificação, no domínio das Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC), Nanotecnologia, Materiais Avançados, Biotecnologia, Fabrico Avançado e Processamento e Espaço. A ênfase será colocada nas diferentes tecnologias e as suas relações para os desafios societais;

2. Acesso ao Financiamento de Risco ("Access to risk finance") visa colmatar as falhas no acesso aos empréstimos e capitais próprios para projetos de I&D e de inovação de empresas em todas as fases do seu ciclo de vida. O InnovFin – EU Finance for Innovators – uma iniciativa do Banco Europeu de Investimento (BEI) e da Comissão Europeia, ao abrigo do Programa Horizonte 2020, conjuntamente com os instrumentos financeiros disponibilizados pelo COSME, oferece um conjunto de instrumentos financeiros e aconselhamento, abrangendo toda a cadeia de investigação e inovação de modo a apoiar os investimentos das empresas, incluindo as PME e microempresas;

3. Inovação nas PME ("Innovation in SMEs") disponibiliza serviços “à medida” das necessidades das PME tendo em vista estimular todas as formas de inovação e incentivar a sua internacionalização (Programa de Trabalho 2016-2017);


Pilar 3 – Desafios Societais (com cerca de 39% do orçamento total)

Apoia atividades desde a investigação ao mercado colocando a tónica nas fases piloto, demonstração, “test-beds” e apoio à procura pública e comercialização.
O financiamento está centrado nos seguintes desafios: saúde, alterações demográficas e bem-estar das populações; segurança alimentar, agricultura e floresta sustentável, investigação marinha e marítima, e bioeconomia; energia segura, limpa e eficiente; transportes integrados verdes e inteligentes; alteração climática, ambiente, eficiência de recursos e matérias-primas; sociedades inclusivas e inovadoras; sociedades seguras: acções climáticas.

Como participar?

Aconselha-se a leitura da área "How to Participate" para uma melhor perceção de como uma empresa  poderá candidatar-se ao programa Horizonte 2020.

A nível nacional, o GPPQ – Gabinete de Promoção do Programa Quadro de I&DT tem como objetivo promover e apoiar a participação nacional das comunidades científica e empresarial no Programa.

Apoios específicos destinados à inovação das PME

 SME instrument – destina-se a PME inovadoras que ambicionem desenvolver o seu potencial de crescimento. Disponibiliza montantes fixos para estudos de viabilidade, subvenções para a fase principal de projetos de inovação (demonstração, desenvolvimento de protótipos, testes, desenvolvimento da aplicação…); a fase de comercialização é apoiada indiretamente através do acesso facilitado a instrumentos financeiros de dívida e capital próprio.
Destaca-se que, apenas as PME podem participar, quer individualmente, quer em consórcio de PME estabelecido num Estado- Membro da UE ou num País Associado. O IAPMEI no contexto das suas atividades como coordenador e parceiro da Enterprise Europe Network em Portugal  apoia as PME beneficiárias do SME Instrument, através dum serviço específico designado por KAM – Key Account Management.

Consulte aqui as datas e temas das próximas Calls.


• Fast Track to Innovation – Trata-se de uma atividade-piloto, iniciada em 2015. Continuamente abertas, as convocatórias para apresentação de propostas dirigidas aos inovadores visarão projetos de inovação que incidam sobre qualquer área tecnológica ou desafio societal. A atividade-piloto será submetida a uma avaliação exaustiva a meio do período coberto pelo Horizonte 2020.
  


Última actualização
27-04-2017
Avalie este conteúdo
Última actualização
27-04-2017
Avalie este conteúdo