Este sítio utiliza cookies de terceiros para melhorar a experiência do utilizador e os serviços que prestamos.
Ao continuar a navegar, consideramos que aceita a sua utilização.

Saber Mais Compreendi
Edições Anteriores (2009-2016)

PME Excelência 2016

Em 2016 este estatuto foi atribuído a 1786 empresas cujo desempenho melhorou globalmente, relativamente ao exercício anterior, traduzindo-se num aumento generalizado dos seus indicadores económico-financeiros.

Neste sentido, destacam-se o aumento do EBITDA em 35,7%, do capital próprio em 23,7%, das exportações em 17,9% e do volume de negócios em 16,6%. Em conjunto, estas 1786 PME Excelência representaram 62417 postos de trabalho.

Nesta edição foi considerado um novo rácio - dívida financeira líquida/EBITDA - cujo comportamento de 2014 para 2015 mostra que houve uma redução do endividamento global destas empresas.

Relativamente às edições anteriores mantém-se o posicionamento regional das empresas que atingiram o estatuto PME Excelência 2016, isto é, em primeiro lugar surge o distrito do Porto com 21% das empresas, seguido pelo de Lisboa com 18% e, pelos de Aveiro e Braga, com 12% e 11%, respectivamente. De igual modo, a representatividade setorial é liderada pela indústria (33,2% das empresas), seguindo-se o comércio (28,67%), os serviços (13,61%) e o turismo (11,53%).

No que diz respeito à sua dimensão, 69% das empresas são pequenas, 26% são médias e, os restantes 5% representam as de micro dimensão.

Lista de Empresas distinguidas com o Estatuto PME Excelência 2016


PME Excelência 2015


Foram 1509 as Empresas que em 2015 mereceram a qualificação de PME excelência, notabilizando-se junto dos seus Stakeholders.

Nos seus desempenhos são de destacar os aumentos de 49,6% do resultado líquido e de 32,1% do EBITDA  em relação a 2014.
Verifica-se crescimento em todos os indicadores das PME Excelência’15, desde o volume de negócios, 13,8% superior ao ano passado até às exportações que aumentaram uns impressionantes 19,4%.

Os números falam por si e demonstram a capacidade de gestão que as notabiliza, sendo ainda de referir o aumento de 25,4% da Rendibilidade dos Capitais Próprios e de 31,5% de Rendibilidade Líquida das Vendas.

Grande parte das PME Excelência está distribuída pelo distrito do Porto, que conta com 315 empresas, o distrito de Lisboa com 259 e o de Aveiro onde se localizam 199 empresas. No distrito de Braga estão 192 e Leiria, com 121,ocupam o 4º e 5º lugar da lista.

Setorialmente, o ranking não apresenta novidades. O Comércio e a Indústria são os setores com mais PME Excelência (respetivamente 537 e 508 empresas) e o Turismo, que em 2014 surpreendeu com a maior evolução de sempre, teve este ano 169 empresas com o estatuto PME Excelência.

Em conjunto, estas 1509 PME excelência representam 57 500 postos de trabalho.

Lista de Empresas distinguidas com o Estatuto PME Excelência 2015

 

PME Excelência 2014



Um total de 1845 empresas, representativas de vários setores de atividade de Norte a Sul do país, foram distinguidas com o estatuto PME Excelência 2014.

O universo das PME Excelência 2014 cresceu mais de 67% relativamente aos estatutos atribuídos no ano anterior. Os números não refletem menor exigência na atribuição do galardão, porque os requisitos base da distinção foram mantidos face à edição anterior, mas o que se verificou foi que muitas empresas apresentaram subidas médias muito substanciais nos seus indicadores económico-financeiros, melhorando os seus resultados em praticamente todos os indicadores.

Quando comparados com os últimos dados disponíveis da análise de empresas não financeiras do Banco de Portugal, verifica-se que há um enorme desvio da média apresentada pelas empresas em geral, o que faz com que as PME Excelência funcionem como motor da economia nos seus setores ou regiões.

São empresas que apresentam rácios de solidez financeira e de rendibilidade muito acima da média nacional e que têm conseguido atuar em contraciclo, aliando um crescimento médio das vendas de 15%, com o aumento das exportações situado nos 16%, 2 vezes e meia acima quando comparado com os resultados da estrutura empresarial nacional.

Com autonomias financeiras médias superiores a 54%, as PME distinguidas registam rendibilidades muito acima da média nacional, com crescimentos que ultrapassam os 40% ao nível dos capitais próprios, das vendas, e do ativo, valores que confirmam o perfil superior destas empresas em termos de desempenho.

Mais de 64% das empresas tem a sua atividade ligada à indústria e comércio, sendo a seguir o turismo e os serviços, com cerca de 12% cada um, os outros setores mais representados no conjunto da amostra das PME Excelência 2014.

Em conjunto as empresas são responsáveis por mais de 69 mil empregos, e estão sobretudo concentradas nos distritos do Porto (19%), Lisboa (17%), Aveiro (13%), Braga (12%) e Leiria (9%).

Os critérios PME Excelência 2014 podem ser consultados aqui.

PME Excelência 2013

IAPMEI distinguiu 1103 empresas com o Estatuto PME Excelência 2013. No seu conjunto, as PME Excelência 2013 são responsáveis por mais de 43 mil postos de trabalho direto e geraram um volume de negócios superior a 5,8 mil milhões de euros em 2012, que representou um crescimento médio de 9%, face ao exercício anterior.

Com um ativo líquido global de 4,4 mil milhões de euros, as PME Excelência 2013 apresentam uma autonomia financeira média de 52,6% e níveis de rendibilidade dos capitais próprios, do ativo, e das vendas, de respetivamente 17%, 9% e 6,9%.

O contributo destas empresas para as exportações foi de 1,7 mil milhões de euros em 2012, valor que representou um crescimento de 27% relativamente ao ano anterior.

São empresas que tiveram um crescimento de 31,7% nos seus resultados líquidos e que viram aumentar o seu ativo em 11%.

Em termos setoriais, a Indústria, com 427 empresas (38,8%), e o Comércio, com 278 empresas (25,3%), são as atividades mais representadas no grupo das PME Excelência 2013, ocupando 64% do universo total de empresas distinguidas.

O Turismo e os Serviços, cada um representando 14% das empresas, os Transportes, com 3,9%, e a Construção, com 3,7%, são a seguir as atividades mais representativas no conjunto das PME Excelência.
Em termos de localização, os distritos do Porto e Lisboa, seguidos de Aveiro, Braga e Leiria, com respetivamente 204, 184, 157, 144 e 93 empresas, são os que reúnem a maior concentração das PME Excelência 2013.

PME Excelência 2012

Foram distinguidas com o estatuto PME Excelência 2012, um total de 1.314 pequenas e médias empresas, com rácios de solidez financeira e de rendibilidade acima da média nacional, que têm sabido manter altos padrões competitivos num contexto particularmente exigente e que estão a conseguir ultrapassar a crise com crescimento, consolidação de resultados, e contributos ativos na criação de riqueza e de emprego das regiões onde se inserem.

Em conjunto, as PME Excelência 2012 geram mais de 45 mil postos de trabalho direto e foram responsáveis por um volume de negócios superior a 6,3 mil milhões de euros em 2011, que representou um crescimento médio de 5%, face ao exercício anterior.

Com um ativo líquido global de 4,7 mil milhões de euros, as PME Excelência 2012 apresentam uma autonomia financeira média de 52% e níveis de rendibilidade dos capitais próprios, do ativo, e das vendas superiores à média nacional.

O seu contributo para as exportações foi de 1,6 mil milhões de euros em 2011, valor que representou um crescimento de 21% relativamente ao ano anterior.

São empresas que tiveram um crescimento de 24,6% nos seus resultados líquidos e que viram aumentar o seu ativo em 8%.

Em termos setoriais, a Indústria, com 440 empresas (36%), e o Comércio, com 362 empresas (29%), são as atividades mais representadas no grupo das PME Excelência 2012, ocupando 65% do universo total de empresas distinguidas.

Os Serviços estão representados com 14% das empresas, o Turismo com 11%, a Construção com 6%, e os Transportes com 4%, no conjunto das PME Excelência.

Em termos de localização, os distritos do Porto e Lisboa, seguidos de Aveiro, Braga e Leiria, com respetivamente 227, 202, 149, 136 e 89 empresas, são os que reúnem a maior concentração das PME Excelência 2012.

Os critérios PME Excelência 2012 podem ser consultados aqui.


PME Excelência 2011

O Estatuto PME Excelência foi atribuído em 2011 a mais de 1.400 empresas, que em vários setores de atividade, se destacaram pelos melhores desempenhos económico-financeiros e de gestão.

Em conjunto, as PME Excelência’11 geraram perto de 47 mil postos de trabalho direto e foram responsáveis por um volume de negócios superior a 7,9 mil milhões de euros no último ano, que representou um crescimento médio de 27%.

Com um ativo líquido global de 5,4 mil milhões de euros, as PME Excelência’11 apresentam uma autonomia financeira média de 51% e níveis de rendibilidade dos capitais próprios, do investimento, e das vendas superiores à média.

São empresas que tiveram um crescimento de 21% nos seus resultados líquidos e que viram aumentar o seu ativo em 12%.

Em termos setoriais, o Comércio e a Indústria são as atividades mais representadas no grupo das PME Excelência’11, ocupando 72% do universo total de empresas distinguidas.

Os Serviços estão representados com 10% das empresas, a Construção com 7%, e o Turismo com 6,8% no conjunto das PME Excelência’11.

Em termos de localização, os distritos do Porto e Lisboa, seguidos de Aveiro, Braga e Leiria, com respetivamente 265, 226, 180, 141 e 108 empresas, são os que reúnem a maior concentração das PME Excelência 2011.

Os critérios PME Excelência 2011 podem ser consultados aqui.


PME Excelência 2010

Foram 1105 as empresas distinguidas com o Estatuto PME Excelência 2010 que, globalmente, faturaram mais de 4 mil milhões de euros. Setorialmente, 31% destas empresas posicionavam-se no comércio, 28% na indústria, 15% nos serviços, 14% na construção e imobiliário e, ainda, 8% no turismo.
Em termos geográficos, a maioria das empresas é oriunda do distrito do Porto (19%), seguindo-se os de Lisboa (18%), Aveiro (11%) e Braga (10%).

Os critérios PME Excelência 2010 podem ser consultados aqui.
Lista de empresas distinguidas com o Estatuto PME Excelência 2010


PME Excelência 2009

Foi no ano 2009 que teve início a atribuição do estatuto PME Excelência, que é atribuído anualmente a um conjunto de empresas selecionadas de entre as melhores PME Líder de cada edição.
Neste ano a faturação global das empresas PME Excelência foi superior a 2 mil milhões de euros, regionalmente distribuídas do seguinte modo: os distritos de Porto e Lisboa foram igualmente representados (18% cada um), seguindo-se os de Aveiro (14%), Leiria (9%) e Braga (7%). O setor com mais empresas contempladas foi o do comércio (35%), seguido pela indústria (34%), tendo o setor dos serviços ocupado o terceiro lugar (10%); o setor do turismo foi responsável por 7% das empresas PME Excelência em 2009.

Os critérios PME Excelência 2009 podem ser consultados aqui.
Lista de empresas distinguidas com o Estatuto PME Excelência 2009

 



Última atualização
09-04-2018
Avalie este conteúdo
Última atualização
09-04-2018
Avalie este conteúdo