Este sítio utiliza cookies de terceiros para melhorar a experiência do utilizador e os serviços que prestamos.
Ao continuar a navegar, consideramos que aceita a sua utilização.

Saber Mais Compreendi
Tech Visa

 

Objetivo

O Tech Visa tem como objetivo garantir que quadros altamente qualificados, especialmente da área tecnológica, estrangeiros à União Europeia, possam aceder aos empregos criados pelas empresas portuguesas de forma simplificada.

O programa dirige-se a empresas tecnológicas e inovadoras, inseridas no mercado global, que pretendam atrair para Portugal quadros qualificados e especializados, oriundos de países estrangeiros à União Europeia.

 


Como funciona

As empresas da área da tecnologia e inovação que pretendam ser incluídas na lista de empresas certificadas para receber cidadãos estrangeiros através do programa terão de candidatar-se, a partir de 2 de janeiro de 2019, ao programa Tech Visa, sendo avaliadas e selecionadas com base em critérios definidos pela Portaria n.º 328/2018, de 19 de dezembro.

O IAPMEI será responsável pela certificação das empresas candidatas, envolvendo várias entidades, como o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) e a Direção-Geral dos Assuntos Consulares, no processo de atribuição de vistos de residência para os profissionais contratados pelas empresas certificadas.

A avaliação será baseada no potencial, grau de inovação tecnológica e na orientação para a internacionalização das empresas, não podendo estas possuir mais do que 50% de trabalhadores contratados em simultâneo ao abrigo do Tech Visa. Nos casos de empresas que desenvolvam maioritariamente a sua atividade nos territórios do interior, este limite é de 80%.

 

BtcandidaturasTVisa_v1-(1).png
 

 

Para mais informação consulte as FAQs relativas ao Tech Visa.


____________________________________________________

Área de acesso exclusivo ao SEF e Serviços Consulares
____________________________________________________



Última atualização
04-03-2019
Avalie este conteúdo
Última atualização
04-03-2019
Avalie este conteúdo